Dez princípios do estoicismo para uma vida melhor



O estoicismo é uma escola de filosofia prática que te ajuda a focar nas coisas que estão sob seu controle. Os praticantes do estoicismo se exercitam para viver o presente , manter a calma e a racionalidade sob qualquer circunstância. São pessoas que valorizam as ações, mais do que palavras.

Quando se diz que alguém está tendo um comportamento "estoico", geralmente quer dizer que a pessoa está sendo obstinada e resolvendo seus problemas sem se abalar com as circunstâncias. Agir como um Estoico significa não controlar suas emoções, mas sim sobre não deixar suas emoções controlarem você.

Quando você desenvolve a capacidade de observar, analisar e julgar seus próprios pensamentos, você se toma decisões cada vez melhores e mais racionais. Esta é uma forma de mudar seu comportamento e ter uma vida melhor.

Caso você pudesse se observar em terceira pessoa, você ficaria feliz com o que veria?

O estoicismo é baseado em 10 princípios para uma boa vida , que são:


1- Aja de forma virtuosa  - As virtudes são traços do caráter e devem guiar as ações, sendo a única forma de viver uma boa vida. As principais virtudes no estoicismo são: Sabedoria, coragem, temperança e  justiça .

“Um bom caráter é a única garantia de eterna e despreocupada felicidade.” Sêneca

2 - Concentre-se no que você controla e aceite o restante. - Você não pode controlar as ações de outras pessoas ou adversidades na sua vida, mas pode escolher como lidar com elas.

“O que é, enfim, ser educado adequadamente? É saber separar as coisas que estão sob nosso controle daquelas que não estão.” Epicteto

3- Assuma a responsabilidade pelo que você controla - Tudo aquilo que está em seu poder decidir ou controlar, faça com sabedoria. 

“Os homens são perturbados não pelas coisas que acontecem, mas sim por suas opiniões sobre os acontecimentos.” Epicteto

4- Saiba diferenciar o que é bom, mau ou indiferente - Segundo os estoicos, as coisas boas são as que vem das virtudes - ações, pensamentos justos e sábios. As coisas más são o oposto, ações provenientes de julgamentos ignorantes, covardes ou injustos. Todo o resto é indiferente, ou seja, não está sob seu poder, sendo que a única ação possível sobre eles é como você os encherga. Ex.: Fome, doença, morte, beleza...etc. 

Somente o que está sob o nosso controle pode ser considerado bom ou mau, tudo que foge do nosso poder é indiferente.

5- Coloque os aprendizados em prática - O Estoicismo é uma filosofia prática. Para os Estoicos, pensar sobre como viver a vida não é o bastante. Não colocar pensamentos em prática é o mesmo que não pensar. Discussões e argumentos são desnecessários e inúteis se não nos propusermos a agir. Conquistamos uma boa vida por meio de boas ações.

“Não perca tempo discutindo sobre o que um bom homem deve ser. Seja um.” Marco Aurélio

6- Pergunte-se o que poderia dar errado - Não conseguimos prever o imprevisível, mas podemos exercitar nossa mente para lidar melhor com o imprevisto quando ele chegar. Não são essas situações as responsáveis por causar perturbações no nosso estado de tranquilidade natural. O que nos perturba são nossos julgamentos e a forma como reagimos a elas.

Para não perderem a serenidade em situações adversas, os Estoicos utilizam a premeditação dos males (do latim: premeditatio malorum).

7- Internaliza seus objetivos - O entendimento de que nem tudo acontecerá como planejamos nos previne de frustrações e sofrimentos desnecessários. Já que não estamos gastando tempo sofrendo desnecessariamente, podemos focar em agir dadas as novas circunstâncias que nos foram apresentadas. Nós controlamos nossas ações, não o resultado delas, então, focar no objetivo e dar o seu melhor é o caminho.

“Eu vou fazer isso e mais aquilo, se nada acontecer que possa se tornar um obstáculo para a minha decisão. Eu vou cruzar o oceano, se nada me impedir de fazê-lo.” - Sêneca

8- Transforme obstáculos em oportunidades - Já sabemos que eventos externos não são bons e nem ruins, mas sim indiferentes. Isso significa que nenhum evento em si é uma oportunidade ou uma obstáculo. O que importa é o que fazemos, pensamos e julgamos sobre esses acontecimentos. A partir do momento que você define objetivos internos—por exemplo, se tornar uma pessoa mais sábia, corajosa, moderada ou justa—, todo acontecimento que lhe aproxima desse objetivo será uma oportunidade.

A partir do momento que você internaliza seus objetivos, será mais simples transformar obstáculos em oportunidades.

9- Ame seu destino, porque não há outro melhor - Não é aceitar passivamente o que a vida oferece, mas é lidar com as consequências das suas escolhas e fazer melhor uso delas. Se você faz boas escolhas, provavelmente colherá melhores frutos. Algumas coisas não estão sob seu controle, nessas, apenas aceite e aja da melhor forma possível.

“Não queira que tudo aconteça como deseja. Deseje que tudo aconteça como deve acontecer, e terá serenidade.” - Epicteto

10- Esteja sempre autoconsciente - Esta é a melhor forma de ter o controle de si mesmo, suas ações, pensamentos e julgamentos. Estar autoconsciente significa ser capaz de observar e analisar suas próprias ações, pensamentos e julgamentos. A autoconsciência anda de mãos dadas com o autoconhecimento, e este produz liberdade.

Agir como um Estoico significa não controlar suas emoções, mas sim sobre não deixar suas emoções controlarem você.


Como você pode perceber, é provável que você tenha tido contato com ideias Estoicas antes de saber que eles tinham nome e mais de dois milênios de idade.


Existem diversos motivos que tornam as ideias Estoicas influentes até hoje. Um dos principais é o fato de muitos conceitos Estoicos serem práticos e direcionados para a ação.

Alguns princípios são contra intuitivos. Outros são quase óbvios. Se dermos o máximo de nós mesmos, e focarmos naquilo que está sob nosso controle, estaremos mais próximos de sermos felizes. Como alguém poderia discordar disso?


Débora Aquino


Comentários